• Eduardo Romano

5 dúvidas frequentes sobre o Bitcoin

Atualizado: 4 de Mai de 2018

Já imaginou como seria movimentar seu dinheiro sem depender de taxas bancárias ou intermediários? E se isso fosse elevado ao nível internacional? Trazemos a vocês o Bitcoin, um formato de moeda que irá revolucionar o mercado no futuro. Abaixo listamos 5 dúvidas frequentes sobre o assunto:


1 - O que é?


O Bitcoin é uma moeda que pode ser utilizada como o real, você pode efetuar compras, vendas ou transações, mas a grande diferença está no seu formato: totalmente digital. Você ainda não pode simplesmente ir até a o mercadinho mais próximo da sua casa e efetuar uma compra. Para participar deste mercado você precisa estar devidamente cadastrado como um usuário e o vendedor do produto também. Gradativamente mais lugares estão adotando o Bitcoin, no final de 2017 mais de 300 mil estabelecimentos no Japão já aceitavam este tipo de dinheiro.


2 - De onde vem?


Criado por Satoshi Nakamoto, o dinheiro virtual surgiu em 2008 e possui um software código aberto. Sem taxas, intermédios bancários e com uma rede de controle descentralizada, a moeda surgiu como uma resposta ao dinheiro comum como uma opção segura e de uso internacional.


3 - Como conseguir?


Para começar você precisa de uma carteira digital, que nada mais é que um aplicativo instalado em seu celular com uma chave de acesso. Os Bitcoins podem ser conseguidos através de casas de troca ou mesmo pela mineração. A mineração consiste na resolução de equações complexas por computadores de alta performance, por fim essas equações têm por propósito a manutenção do funcionamento da estrutura descentralizada da moeda, o chamado Blockchain. Como benefício deste trabalho demorado, os mineradores recebem novos Bitcoins.


4 - É perigoso?


Depende, primeiramente nunca passe sua chave de acesso para outros usuários, ela fornece controle total sobre seu dinheiro. Todas as transações de Bitcoins são registradas desde a sua criação, porém tudo de forma anônima, sem intervenção de governos. Portanto o Bitcoin é uma moeda livre de controle, que elimina toda burocracia presente nos bancos que conhecemos.


5 - É um investimento?


Não, na realidade o Bitcoin não gera juros, porém nos últimos anos, com a demanda ascendente, a moeda acabou se valorizando e as pessoas que investiram na compra de alguns Bitcoins nos primeiros anos, hoje possuem muito dinheiro digital. A cotação atual é de aproximadamente 1 Bitcoin para cerca de 50 mil reais e toda a geração das novas moedas é controlada via software, evitando que dinheiro em excesso seja criado.


por Eduardo Romano

Analista de Marketing e Comunicação da MAPPRE


0 visualização